quarta-feira, janeiro 11

Henedino


Há nomes difíceis de esquecer - Henedino é pouco comum, invulgar mesmo, como também foi fora do comum a actividade do Henedino Morais (Senior) em prol das comunidades em que esteve inserido - a Porcalhota, onde viveu mais tempo e Arganil, sua terra natal.
E durante a tarde e noite do dia 7 de Janeiro, o anfitrião Henedino (Júnior) mostrou que "filho de peixe..."
Para abreviar, recordo as palavras que a esse propósito proferiu o Chico Luís no dia 7 durante o Encontro e que o Severino transcreveu para os comentários do Post:
http://sfraa.blogspot.com/2006/01/arganil-7-janeiro.html

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Tive o grato prazer de conhecer mais ou menos bem este SENHOR.
Tinha classe, porte, sagacidade, e acima de tudo era um lutador.
Só não venceu aquilo que não se consegue vencer.
Tinha muito para dar, mas partiu cedo.
Os filhos têm as mesmas características e tenho a sorte de serem meus amigos. Um beijinho especial para a D.Lurdes (mãe) que estando na sombra, conseguiu irradiar a luz dos Morais de Carvalho.
Quim

11/01/06, 17:27  
Anonymous Anónimo disse...

É uma das pessoas de quem tive e tenho, sempre, saudades.
jcesar

11/01/06, 19:04  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial