terça-feira, fevereiro 6

Os poupadinhos

Zoom

Vamos lá fazer um apelo Ó Pessoal - é preciso poupar combustível, dizem.
- E como é que vamos fazer isso? Compramos uma carroça? Vamos andar a pé?
- Não dá jeito, levar os putos à escola, a pé, especialmente se estiver de chuva.
- Empurrar o carrinho do supermercado até casa, com as compras da semana, também não dá.

- Pronto, então andar a pé, é giro, mas... não chega para poupar.
Ah, pois não, vejam o exemplo:
- Eu andei esta semana toda sem carro e não poupei nada, nadinha; antes pelo contrário, paguei um balúrdio em peças, bate-chapa, pintura e mecânica, quando fui buscar o carro à oficina.
- E porquê?

Eu digo, há p'raí uns gajos "picuinhas da porra" que têm a mania que são poupadinhos e por isso enchem o sacana do depósito de combustível do automóvel, mesmo, mesmo até às bordinhas, até não caber mais e obviamente deitar por fora.

- E para quê?
Para aproveitar o talão de descontos do Continente, ou porque o preço do Gasóleo baixou, ou porque ouviram dizer que vai subir amanhã; e ainda há... uns quantos maluquinhos que atestam o depósito para poderem calcular, exactamente, a média do consumo aos 100.
Mas que merda de média e que grande merda de poupança. Nas primeiras curvas, o Gasolinho (do poupadinho) vai todo direitinho para o meio do chão, entornado, derramado! Burrice! Lá se vai a p..a da média e lá vai a merdinha da poupança à vida!!!
Desperdício, parvoíce, estupidez e pior que tudo isso, criminoso - pois quem se lixa é o zezinho que (como eu) tiver o azar de circular atrás de um poupadinho, numa altura destas. É estampanço certinho.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial