domingo, agosto 2

Noites (5)


Claro que eu não podia perder a oportunidade..!

Foi a primeira - e muito provavelmente, a última - vez que me foi possível ver uma actuação de L. Cohen ao vivo.

Até me esqueci do sítio (o Pavilhão Atlântico) com que embirro particularmente, por achar desadequado a este tipo de espectáculos.

Até ignorei as longas pernas que a linda "vintager" vestida de "teenager", no lugar ao lado, insistia em cruzar e descruzar, fazendo sobressair (por demais) as coxas daqueles exíguos "shorts".

Nos primeiros instantes veio-me à lembrança uma frase (batida) de há muitos anos. Dizia a minha comadre, alentejana de Aljustrel:
«Compadre, não se perturbe. Pernas são canelas. Merda para quem olha p'ra elas!»

Assim, alheio a tudo o que me rodeava, embrulhado no som (vozes e músicos fantásticos) deixei-me flutuar no tempo para outros lugares, fora do tempo.

2 Comentários:

Blogger Maria disse...

Bicho:
Vejo que já estás melhor. Ainda bem, mas lembra-te que "cautela e caldos de galinha, nunca fizeram mal a ninguém.
Beijinho

03/08/09, 17:51  
Blogger Kim disse...

Não te vi lá!
Porquê a última vez? O homem há-de cá vir mais vezes!
Adorei. É um espectáculo!

03/08/09, 19:04  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial