quinta-feira, dezembro 15

Arranjaram-me Trabalho


Substituir o Pai Natal que sofreu um acidente grave.
Foi a proposta de trabalho que os serviços do Centro de Emprego da Amadora me fizeram.
Dá direito a quase duas semanas de Formação - curso intensivo, remunerado, de 120 horas.

Acho que não vou aceitar.

1- O Curso de Formação não é na FINLANDIA.
- É ali no Continente da Amadora com a Leopoldina.

- O Curso não é reconhecido em todos os Países da Comunidade.
- Receio que a CEE me venha depois exigir a restituição do subsídio.

2- O Pai Natal trabalha de noite, sábados, domingos e feriados - como é?
- Não dá direito a receber ISENÇÃO DE HORÁRIO.
- Só pagam as HORAS EXTRA daqui a um ano.

3- Está provado que o serviço de Pai Natal é um Trabalho de Risco.
- Os gajos não querem pagar SUBSÍDIO DE RISCO.
- Também não fazem SEGURO DE VIDA especial.

4- O mais importante, mas que não se pode dizer.
- Chiça!!! Se eu quisesse trabalhar não me tinha desempregado.

17 Comentários:

Blogger Rui Salvador disse...

Aceite o cargo e os direitos comerciais. Elabore um regime de "franchise" e ponha outros a trabalhar para si.

15/12/05, 23:24  
Anonymous Spuk disse...

Eu me proponho a fazer as entregas daqui.

É so mandar umas prendas.

Spuk

15/12/05, 23:41  
Blogger O Bicho disse...

Bom, parece que podemos fazer uma rede:
Spuk, na América do Sul (S.S. da Baía?),
Cristina, na Europa Central (Belgica),
Bruno, na Grande Maçã (N.Y.C.),
Salvador, brevemente na Zona das Caraíbas (Florida),
Marcelo, na África Equatorial (S. Tomé e Principe)
E mais uns quantos que não dizem nada, mas eu sei que estão à escuta.

15/12/05, 23:52  
Anonymous Anónimo disse...

TEm cuidado porque se perderes as prendas eles ainda te mandam a conta para casa.Maria

16/12/05, 00:08  
Blogger O Bicho disse...

e não sei como eu fui esquecer de contar com a Maria, na Filial das Caldas.

16/12/05, 00:11  
Blogger O Bicho disse...

E também temos alguém no Continente Alentejano.

16/12/05, 00:12  
Blogger O Bicho disse...

Parece-me é que não temos representante no Porto (que é uma naçãoe) mas também não faz falta nenhuma.

16/12/05, 00:13  
Anonymous Anónimo disse...

Afinal já estás a dormir e con insónias,tem cuidado podes caír

16/12/05, 00:23  
Anonymous Anónimo disse...

O PORTO é uma naçãoe, mas, é tudo boa gente.MARIA

16/12/05, 00:24  
Anonymous Anónimo disse...

Porra!!! e eu só pago, pago, pago, pago. E como pago? não é Quim?
Quero reformar-me já...para aprender a andar de bicicleta! Oh! Luis (Bicho) não aceites que a gente encontra-se na "via cicloturistica do Capucho p'ró Guincho". Viva Portugal!
jota_cê.

16/12/05, 02:25  
Anonymous Anónimo disse...

Já estou a ver Bob Júlio na sua bicicleta Harley, último modelo, em compita com o Bicho, numa arrastadeira de 45 €, do Continente, mas que, apesar de tudo, consegue levar a carta a Garca.
Já agora, em vez de virarem para o Cabo da Roca, virem para os lados da Praia das Maças. Sempre têm direito aquela garrafinha de água, com que os apoiantes brindam os "biciclistas".
Oh JC, quando comprares bicla, tens de ter em conta, a compatibilidade entre esta e o restante parque automóvel da tua garagem. Não faças como o Bicho (eu sei que não) que é um forreta do caraças.
De facto, com os impostos que pagas, mereces uma Harley (e nem é preciso tanto).
Qualquer dia, já velhinhos, vamos todos de bicla, para o almoço anual. Já estou a ouvir o Taxú: - Por amor de Deus !!!
Quim

16/12/05, 10:00  
Anonymous Anónimo disse...

A Harley esta na Chança. Lá, pedala-se melhor. O Alentejo é plano heheheh.
Já estou a desmaiar só de pensar na subida do cabo da roca.
JC

16/12/05, 10:43  
Blogger O Bicho disse...

Verdade, Júlio.
Pedalar em caminhos planos, estradas desempedidas, respirar um ar limpinho, com uma visibilidade alargada.
E no fim da estrada, uma linguiça com fatias de pão de centeio e um copinho do tinto para aconchegar.
Lá mais para a Primavera vou atravessar a Ponte da Vila Formosa de biciclete.

16/12/05, 11:17  
Anonymous Anónimo disse...

Não sei como é possivel neste século existir pessoal, que não sabe andar de bicicleta!É só pedalar e olhar em frente, é mais dificil andar de carro,principalmente em Lisboa.Por isso J.C toca a treinar e no verão vais com o GIGI dar umas voltas.Maria

16/12/05, 20:55  
Anonymous Spuk disse...

Não tenho bicicleta, não ando de bicicleta. MAS na minha casa tem uma railege, inglesa autentica e original de 1947 em perfeito estado de uso e conservação.
spuk

17/12/05, 00:24  
Anonymous Anónimo disse...

Isso é uma relíquia. 1947? Não te desfaças dela.
Deve ser linda.
Quim

17/12/05, 01:25  
Anonymous Spuk disse...

Sim! Quim!
1947,e foi a bordo desta reliquia que meu pai namorou minha mãe, e a mantém em lugar de destaque como uma boa recordação daquela época.
Em seu testamento "ela" já estar destinada ao meu irmão.
Minha mãe já estar no andar de cima.

Spuk

18/12/05, 23:36  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial