sexta-feira, fevereiro 23

o mocho macho


Parece um cavalo, mas não é; não parece um mocho, mas é.


Macho ou Mulo - cavalgadura ou alimária ruminante, de quatro patas - não sei se filho de uma burra, que pastava as provocantes nalgas por perto de um cavalo com um ataque de priapismo ou filho de uma égua surpreendida de joelhos por um burro que mastigou umas cascas de pau de cabimda, misturadas por acaso na alcofa da ração.

Mocho - há dois tipos e ambos têm penas - a grande diferença é que um, tem penas por fora e o outro tem penas por dentro; o primeiro tem asas e voa, graças ao ligeiro revestimento de penas; o outro, não voa nem nada que se pareça, arrasta-se carregado de pesar das penas que lhe revestem a alma.


Este macho está mocho, quer dizer, sorumbático, taciturno, triste, abatido, tal como EU.

8 Comentários:

Anonymous Pantas disse...

Não desgosto de Mulas, nem de Mochos, mas o que eu gosto muito é de Rãs. As Rãs arrotam a noite toda. As Rãs são mais pequenas que as Vacas e mais grandes que um pintelho. As Rãs não têm pintelhos. As Rãs põem ovos pela paxaxa que depois dão rãzinhas pequenas. Se as Rãs tivessem pintelhos na paxaxa arranhavam os ovinhos que são muito pequenininhos e as Rãzinhas que estão lá dentro iam morrer porque
entrava água pelas arranhadelas e elas morriam afogadas e porque quando são pequenas não têm patas e não sabem nadar. Eu também ainda não tenho pintelhos mas já sei nadar. Também ainda não tenho paxaxa mas um dia vou ter muitas. As Rãs são as mulheres dos Sapos.
Os Sapos não têm unhas por isso não podem coçar os tomates. É por isso que eles andam com as pernas abertas a arrastar os tomates que é para os
coçar. E quando se picam nos tomates os Sapos dão saltos. As Rãs também dão muitos saltos, por isso têm a paxaxa sempre aos saltos . Eu gosto muito de rãs. E gosto muito de Sapos... :)

23/02/07, 13:25  
Anonymous La Fontaine disse...

Querendo o Sol casar-se,
As rãs, quando o souberam,
A Júpiter fizeram,
Humilde petição,
Dizendo: "Não consintas,
Ó Júpiter sagrado,
Que mude o Sol de estado,
Que tenha geração;
Porque se ele sozinho,Com seu calor intenso
Nos faz um dano imenso
Na cálida estação;
Em tendo esposa e prole,
Seus novos sucessores,
Com férvidos calores
O mundo abrasarão:
Secando-se as lagoas,
AS fontes e as correntes,
Os nossos descendentes
A vida acabarão!"
Ouvindo Jove as preces,
Negou o consentimento
Do Sol ao casamento,
Às rãs em atenção.
(As Rãs e o Sol)

23/02/07, 14:12  
Blogger carla mar disse...

vçc tomaram SILDENAFIL em excesso ... e fikaram c a cabeçita afectada :)

23/02/07, 14:31  
Blogger O Bicho disse...

Ah, sim, SILDENAFIL em excesso, é certo qie afecta a cabeça, principalmente a cabeça do... dedo.

23/02/07, 14:41  
Blogger carla mar disse...

AHAHAHAHAHAHAHA ...
eu n disse qual era a cabeça :)

23/02/07, 15:21  
Anonymous Quim disse...

O que eu queria mesmo, era o António calmeirão.

24/02/07, 00:49  
Anonymous Anónimo disse...

Esta conversa de rãs foi bem engraçada.Maria

25/02/07, 02:41  
Anonymous Anónimo disse...

Peço desculpa mas macho este não é o marido do MULA????

Seve

27/02/07, 13:39  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial