segunda-feira, julho 12

uma boleia

Na Rota do Mar

Na tarde com vento de feição, quanto baste para velejar à bolina, quer dizer, à borla, aproveitei a boleia para refrescar o corpo e o espírito.

Excelente ocasião para desanuviar, arejar as ideias e esquecer os pouco agradáveis tempos que correm.
Sabe bem e faz bem, a gente afastar-se um pouco da terra para avistar de longe, ao largo, os maldizentes "Velhos do Restelo" (feitos pontinhos pequeninos) que ficam na margem, a remoer a sua mistura de inveja e falta de coragem para deixar a terra firme.

2 Comentários:

Blogger RS disse...

E a fazer publicidade ao meu blogue, na camisola:)

14/07/10, 13:18  
Anonymous Anónimo disse...

Não há nada como a vida no campo.. :)

Pantas

14/07/10, 16:47  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial