sábado, outubro 29

Lisboa vista do Tejo


Eu, fiz o mais curto dos mini-cruzeiros no Tejo,
com entrada junto à Torre de Belém, subida do rio até Sta. Apolónia e desembarque no Cais do Sodré. E levei a bicicleta para depois regressar pela ciclovia marginal.
É uma pequena viagem que, acho eu, poucos residentes na área da grande Lisboa, fizeram. Se, por acaso, estiverem a pensar nisso, lembro que termina neste fim de semana (31 Outubro) o movimento regular diário para este ano.
Não é muito caro e vale bem a pena apreciar o perfil da cidade recortado no ceu, visto lá de baixo do rio.
Há só um pequeno contra: na faixa entre o Cais de Alcântara e o Cais da Rocha, as paredes de contentores por ali amontoados não são uma vista bonita, são um tanto ou quanto "indesejados".

Todavia, felizmente a nossa capital desenvolveu-se sobre 7 colinas. Daí que, a ocupação do espaço na margem do rio, com pilhas de contentores e monstruosas gruas, incomoda um bocado, mas, na verdade não constitui um grandessíssimo estorvo na paisagem, uma vez que os pontos de vista mais interessantes se encontram nas encostas e no cimo dessas colinas.

2 Comentários:

Blogger Maria disse...

Malditos e horrorosos contentores!
Maria

30/10/11, 13:44  
Blogger Kim disse...

As coisas que um "reformado com ganas de descoberta" consegue descobrir!
Estou com fome de coisas parecidas e estou farto do rame-rame dos fins de semana.
Abraço Gigi!

31/10/11, 09:23  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial