sábado, janeiro 13

O prometido


Hoje à tarde fui à Feira da Ladra comprar umas velharias.
-:-
Então aí, lembrei-me que tinha prometido investigar, para contar, a história desta Feira.
Ora bem, já tenho alguma coisa para contar, porque encontrei um livro entitulado
"A FEIRA DA LADRA, PELOS OLISSIPÓGRAFOS (*)" - um conjunto de histórias, passadas na (ou acerca da) Feira da Ladra de Lisboa, compiladas e acompanhadas de fotos do arquivo Municipal, pela Marina Tavares Dias. Nesse livro encontra-se a seguinte CRONOLOGIA DA FEIRA DA LADRA:

1272 - Instalação da Feira na Costa do Castelo, na Trav. do Chão da Feira.
1311 - Determinação camarária para mudança de instalações - (para onde?).
1552 - Notícia (na Estatística manuscrita de Lisboa) da realização da Feira no Rossio.
1610 - Primeira escritura em que aparece a designação oficial de Feira da Ladra.
1823 - Março - Deslocação (**) da Feira para o Campo de Santana.
1823 - Julho - Nova desloca(liza)ção para a Praça da Alegria.
1835 - Nova transferência para o Campo de Santana.
1882 - Finalmente a mudança definitiva (***) para o Campo de Santa Clara.



(*) Chamam-se Olissicoisos, a todos os estudiosos, eruditos que escrevem coisas sobre a cidade de Lisboa.
(**) Oh, desculpem, peço perdão, acho que hoje, se escreve "Deslocalização", isto de acordo com os mais cultos doutores jornalistas, peço perdão novamente, hoje diz-se "doutores de comunicação social". Desculpem lá a minha igorância e persistência no erro, mas... não há nada a fazer - "burro velho não aprende línguas!"
(***) Nada neste mundo, é definitivo, a não ser, talvez a morte, por enquanto...

1 Comentários:

Anonymous o.r. disse...

Este rapazito é um espanto,
as coizas que ele sabe
grande concorrencia ou
Sr.José Hermano Saraiva,
cuidado prof.

14/01/07, 10:55  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial