sábado, janeiro 27

poucas palavras



Se esta imagem fosse de hoje, poderia significar - a felicidade está de volta!
Mas não é assim. Pelo contrário, bem longe disso, os tempos são de tormenta.
Apesar de tudo, gosto muito desta fotografia (Primavera de 2006).

10 Comentários:

Anonymous cristina disse...

Que prazer de ver este fotogrfia!
Beijinhos, amigos e bom fim de semana.

27/01/07, 08:08  
Anonymous Anónimo disse...

Vamos lá reaja!
Que tormenta que nada!
Reviva os bons momentos e simplesmente aceite os advesos.

NÃO cultives a DOR!
REVIVAS as ALEGRIAS, e os boms momentos.

Bicho, O TEU PROBLEMA É DO TAMANHO QUE O FAZRS!Então trata de reduzi-lo ao minimo.

SPUK

27/01/07, 08:59  
Anonymous Anónimo disse...

olá ...

enquanto há vida há esperança !
n enterres o teu amigo antes da partida .
é utopico dizer isto ... eu sei !
mas acredita , q é preciso acreditar e ter uma atitude positiva , qd temos nas mãos uma doença terminal . está provado cientificamente .
a morte leva apenas o lado fisico ... os sentimentos continuam ! a morte por mt poderosa q seja , nunca terá capacidade de matar sentimentos e memórias ! o lado bom da vida ficará p sempre no teu coração :)
deixa-o partir em paz ...
um dia perceberás , q tds os q já partiram e foram por nós amados ... estão sentados nas estrelas de um céu qualquer ...
... sei q no teu céu ,estará este amigo ... afinal ...AMIGOS PARA SEMPRE !
beijinho e FORÇA :)

castidade maria d´assunção

27/01/07, 10:39  
Anonymous Anónimo disse...

Concordo com o que dizes Castidade. Não enterres teu amigo, antes do temppo, não sofra por antecedencia.

É! Bicho! deixa teu amigo partir em paz, e quarda-0 para sempre em teu coração e em tuas lembranças.

Spuk

27/01/07, 11:23  
Blogger O Bicho disse...

Sábias palavras, as vossas, Castidade e Spuk.
Obrigado.
Também acho que não quero ser uma "voz de mau agoiro" como se costuma dizer por cá.

27/01/07, 12:26  
Anonymous Marcelo disse...

O nosso grito é "AMIGOS PARA SEMPRE"
Para O GRANDE JÚLIO AMARO Amigo do Peito,
Um ABRAÇO e rápidas Melhoras

27/01/07, 13:15  
Anonymous Quim disse...

Pois é GIGI. Só eu te entendo.
A tormenta é outra. Mas, com essa figura mitológica de Neptuno a teu lado (não a que está à frente, que essa é vera) é só esperares que ele acalme as águas, qual Senhor das mesmas, e a bonança venha breve.
Andas a deitar-te muito tarde.
Morpheu também te abandonou?
Apetece-me ouvir o silêncio!

27/01/07, 14:55  
Blogger O Bicho disse...

Se o problema fosse só o Morpheu,
era fácil de resolver:
- Famous Grouse, mais garrafa menos garrafa e pronto.
Mas neste caso, a Perdiz não consegue fazer esquecer a Coruja.

27/01/07, 18:12  
Anonymous Anónimo disse...

Hoje não estou com lamurias, a Maria manda o menino arrebitar,faz dos maus os bons momentos e deixa correr,mas, nada de garrafas nem de garrafões, temos de estar conscientes para saber distinguir a verdade de todas as coisas,e assim partir para outra, não vale esconder o sol com a peneira.Hoje o sol não brilha,mas.amanhã será outro dia e a esperança será a última a morrer.E tu Quim tens que te alegrar para ajudares o teu amigo Gi.Muitos Beijinhos da Maria

28/01/07, 11:11  
Anonymous Quim disse...

É o que eu vou fazendo Maria.
Mas este Bicho, entrou numa selva muito densa, onde o sol mal se vê e os perigos são muitos.
O que interessa é chegar ao fim em primeiro e isso vai acontecer.

28/01/07, 22:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial