terça-feira, março 6

a Zilinha

Na Parreirinha - 1960

Numa mensagem através do sítio WEBSHOTS, onde eu publiquei algumas fotos (minhas e do Pessoal da Porcalhota), recebi a seguinte mensagem, da Zilinha:

Fiquei muito contente por ver as fotografias da nossa da Porcalhota, e rever caras que me são familiares e locais que me dizem muito, nomeadamente a casa onde nasci e vivi até aos 21 anos.
Se fores o Luís, ficarei contente se comunicares comigo. Tal como tu escreveste também não gosto muito destas modernices, mas nesta altura é uma forma de passar o tempo.

Pois, é verdade, sou eu o tal, mas não tenho como comunicar com a Zilinha, pois na mensagem falta uma referência para eu poder responder.
Por isso, aqui fica uma tentativa de chegar até ela, a miuda com quem eu gostava bastante de brincar e que ao tempo desta fotografia, morava, não me engana a memória, no 1º andar, ao cimo daquela íngreme escada sem corrimão, do nº 110 da Elias Garcia, mesmo ao lado da Parreirinha V da Porcalhota.

3 Comentários:

Blogger O Bicho disse...

O nome próprio da Zilinha, não me esqueço nunca, é Donzília.
Só conheci outra mulher com esse mesmo nome: uma importante actriz do teatro, cinama e telenovela - não digo qual, porque prometi nunca divulgar.

07/03/07, 14:50  
Anonymous Kim disse...

Oh Gigi, a Zilinha, aliás Donzilia, aliás donzela, é hoje uma senhora, algures por aí a visitar o blog na clandestinidade.
É bem giro este reencontro.
Não descures uma saudade de décadas.

07/03/07, 21:06  
Anonymous Marcelo disse...

Tás a ver oh Luis,
este blog.é só SURPRÁIZEEEEEEEEEEE.

Alimmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmpate

08/03/07, 18:28  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial