sábado, novembro 8

Feira das Trocas



«No dia 1 é a Feira dos Santos,
a última grande Feira do ano no Alto Minho, arrasta no seu imaginário aquele ar de Festa e Arraial onde se diz missa, se cumprem ex-votos e promessas, e se acotovela o povinho das redondezas.
De Viana e de Ponte, de Monção e de Melgaço, de Coura e dos Arcos, dos Ayuntamientos da Raia Galega, tudo se achega numa alegria difusa e constante entre barracas e esparavéus, do plástico e dos factos à medida, das marcas e cassetes piratas, quinquilharias e ferragens, chitas e fazendas, loiças de Barcelos, móveis de Paredes, ourives de Gondomar, garranos dos montados do Corno do Bico e piscas das lavradas de Ganfei.
Junto à estrada, vendedeiras de hortaliças e batatas, de pencas, de medronhos, castanhas e pericos. No meio, as tascas improvisadas onde a fritada de chouriço, o frango de arroz "malandrinho" e a "rijoada" se aliam ao pingato de S. Martinho, sanguíneo, espumoso, saltarelho, um verde de "estalo".»

Isto acontece em muitos outros lugares e não só do Norte; todavia, só aqui nesta terra do Alto Minho, tem lugar no dia seguinte, uma feira especial.

«No dia 2, a Feira das Trocas,
feira à moda antiga onde se faziam as trocas dos produtos do fumeiro, da capoeira e da horta. De namorada, conversado ou fato domingueiro, do "magusto" e das "trocas de olhares"! E logo vinha o "troco". Uma onda homérica de pancadaria varria o terreiro... que o Sargento da Ronda e as Ordenanças da Guarnição vinham acalmar e dar ordens de recolher aos "varapaus"!»

Quando da minha última passagem pela feira no Cerdal, pude constatar (gravar e fotografar) a verdade dos factos descritos neste texto, retirado do Arquivo Histórico do Alto Minho:

- Ora, muito boa noite meus caros, por acaso algum dos senhores doutores estará interessado em fazer uma troca comigo?
- EU QUERIA VER SE TROCAVA ISTO POR UM MAGALHÃES..!

1 Comentários:

Blogger Kim disse...

E há quem não troque isto por nada.
Qualquer tipo de feira me agrada. Sou um apaixonado por feiras e romarias. É uma espécie de regresso às origens.

10/11/08, 09:29  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial