segunda-feira, novembro 3

Voltinha saloia (3)



Há dias, durante a descida da escarpa Oeste do monte mais alto da Estremadura, parei alguns momentos para apreciar a paisagem que se estendia lá em baixo na imensidão dos valados.

O casario de uma aldeia longínqua, prendeu a minha atenção - o traçado daquele povoado era-me familiar. Vai daí, assestei os meus potentes binóculos (que prescrutam o espaço e o tempo) sobre o local e... ora aqui está:
«Bem que eu desconfiava! Eu sabia que se tratava de um lugar bem conhecido do Pessoal da Porcalhota - Estribeiro - onde decorreu, como podem ver nest'outra fotografia, o tradicional Encontro anual, em Janeiro, do Pessoal.»

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial