segunda-feira, novembro 10

Lisboa de Noite


Domingo, sete e meia da tarde, chegamos de comboio ao Rossio. O Miguel e Eu, vamos jantar em Lisboa, com o grupo de família e amigos, reunidos para festejar 51 anos do Luís "da Anabela" "o Gordo" - PARABÉNS AMIGO!

Enquanto aguardamos a boleia que nos levará até ao Largo da Graça, demos uma voltinha por ali. Livres do infernal bulício do intenso tráfego automóvel dos dias de semana, podemos apreciar as vistas, numa noite sem frio, nem chuva, nem vento, com o ar mais limpo.

Os edifícios mais importantes, bem iluminados, constituem um apelo à fotografia de amador - como os outros turistas, não pude deixar de fazer algumas fotos.
Constatei, com agrado, que há turismo em Lisboa, à noite, quando ao subir a colina do Castelo até à Graça, encontrei muitos "camones" a passear, a fotografar ou simplesmente a relaxar nas esplanadas. Grupos e até casais solitários, lá iam eles, de guia em punho, por dentro da noite das ruas, embrenhados e empenhados na descoberta dos caminhos da cidade velha.
Há quanto tempo eu não dava um passeio a pé na noite lisboeta... talvez desde que deixou de ser hábito, ir com a família ver as iluminações de Natal nas ruas da Baixa. Há muito que isso deixou de ser um acontecimento. A novidade converteu-se em banalidade e hoje, em quase todos os lugares, cidades e vilas, já se acenderam, muito antes da quadra natalícia, os enfeites de luzinhas coloridas.

Etiquetas:

3 Comentários:

Blogger O Bicho disse...

Ontem, só houve uma prenda que falhou:
não conseguimos oferecer ao Luís a vitória do seu Sporting, para a Taça.

10/11/08, 11:10  
Anonymous Anónimo disse...

Lisboa é linda à noite. Ainda bem que, as luzes só iluminam a parte de cima dos edificios, porque se iluminassem a parte de baixo, lá desaparecia a beleza, para aparecer o espetaclo pouco edificante dos sem abrigo, que procuram asilo, sob os arcos, nos vãos das lojas e, aí, o mundo é outro, sem luzes, sem calor, sem uma sopa quente.
Contrastes, em que Lisboa é tão rica, Bicho. Lado a lado, o luxo exagerado e, a miséria extrema.
Maria, amarga e com dores de dentes.

10/11/08, 11:36  
Blogger Kim disse...

Hà dias tive oportunidade de rever Lisboa à noite e também gostei. Já tinha saudades.
Quanto ao Luis ainda tive oportunidade de lhe dar um abraço de parabéns e também tive pena que o Sporting não lhe tivesse oferecido a vitória.

10/11/08, 17:44  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial