quarta-feira, dezembro 3

Tempo de Lisboa


Eis que o "bom-tempo" (para nós, o tempo normal) regressa a Lisboa.

Aproveitando o fim-de-semana prolongado, o "nosso bom-tempo" foi para fora, saiu e deixou-nos entregues ao temporal, ao frio, à chuva e ao vento, que tomaram conta desta terra durante os três dias de folga do "bom-tempo".

O pouco de bom que nos resta, aqui nesta pontinha da Europa, ainda é o Clima.
O tradicional "tempêro climático" por cá vai resistindo a governos medíocres, políticos incapazes, partidos oportunistas, economistas aldrabões, banqueiros desonestos, administradores irresponsáveis, autarcas corruptos e socialistas cor-de-rosa, que tiraram o socialismo da gaveta para o arrumarem na prateleira dos assuntos pendentes.

Etiquetas:

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Pois não é?:
Fundar um banco
É bom para preto e branco.
Se o dinheiro se não herda,
Arranjai-o; senão-merda!
Boas são pra isso acções;
Melhores que facas, canhões.
Só uma coisa é fatal-
capital inicial.
Mas, quando o dinheiro falta,
Donde vem, se não se assalta?
Ai! não nos vamos zangar!:
Donde outros o vão tirar.
De algum lado ele viria
E a alguém se tiraria.

(BERTOLT BRECHT, Canção da fundação do National Deposit Bank)

03/12/08, 19:35  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial