domingo, março 1

Fotociclista Alentejano


Intervalo para os indispensáveis comes-e-bebes(*), a meio caminho da "Ecopista" do Ramal de Mora, na Aldeia de "Nossa Senhora da Graça do Divôr" - gosto muito do nome desta terra e gostei ainda mais das "Migas de Espargos" e do "Arroz de Cabidela" que por lá me serviram ao almoço.

Quase perfeita esta imagem, não fora o poste com os (malditos e imprescindíveis) fios de electricidade, sobre os telhados.

(*)
Quem lê estes "posts" deve estar agora a dizer - «Xiça que este gajo só pensa em comer..!»
Pois, bem, é um bocadinho verdade. Só um bocadinho, porque
«primeiro penso em passear, depois, estar com os amigos e claro, naturalmente no fim, é importante comer beme beber bem na companhia de bons amigos depois de um belo passeio - ora bem, o Alentejo, podem crer, diz quem sabe, é ideal para essas coisas!!!»

2 Comentários:

Blogger Maria disse...

Bicho:
Tens amigos em Tomar?
É assim: sentas-te à mesa para almoçar, comes e bebes à grande e à tomarense. Quando julgas que acabou, há um amigo, que tem em casa um vinhito que tens de provar. Claro que o vinho traz com ele, queijos, presunto, enchidos variados, uma febrasinha grelhada. Entretanto é a hora sagrada de jantar. Sentas-te de novo à mesa e comes algo leve: cabrito assado com grelos, lampreia, feijoada, enfim tudo altamente digerível, recomendado por qualquer nutricionista e claro, bem regado. Depois vem um amigo que convida para um café ou bebida, em sua casa. Isto sem esquecer os doces, em que Tomar é pródiga.
Tens dúvidas? Pergunta a qualquer tomarense, ou amigo dos ditos, se eu exagerei.
Eu confesso, não passo do meio do 1º round. Vou logo às tábuas. Mas o meu irmão, já foi protagonista de várias aventuras destas. E ai está, são e escorreito, sempre pronto para aquilo, que ele e os amigos chamam: uma bela almoçarada. É aí, que ele é mais pato-bravo do que eu e, mais parecido com o nosso pai.
Espero que não te faça mal esta descrição.
Beijo
Maria dos Alcatruzes

05/03/09, 15:02  
Blogger O Bicho disse...

Fabulosa essa narrativa das atribulações a que se sujeitam os aventureiros de à-volta-da-mesa, apreciadores das boas garfadas e do copo meio-cheio.
Abre-me o apetite e dá-me vontade de fazer mais uma volinha de fim-de-semana pela região de Tomar - provavelmente vou "acampar" em Dornes.

05/03/09, 17:31  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial