quarta-feira, setembro 30

Grandes Viagens (2)

VILA FRANCA DE XIRA


Este local entrou para a história do Pessoal da Porcalhota,
há 35 anos, mais coisa menos coisa, quando dois intrépidos, arrojados, audazes marinheiros da Porcalhota, encetaram uma incrível viagem de 5 dias e 4 noites, rio acima até Santarém e volta, rio abaixo até Vila Franca.
Foi mesmo aqui, nesta doca, que os dois incautos, imprudentes, ingénuos "marujos de água doce" lançaram ao Mar(*) o pequeno insuflável (acho que se diz semi-rígido) equipado com um motor de 10 cavalos, uma tenda de campismo, a bomba de encher boias de praia, água, vinho, gasolina e dois "frangos na púcara" - os remos, que viriam a fazer muita falta, quando o motor parou por falta de gasolina, ficaram em casa esquecidos.

(*)
Mar - era mesmo assim que os Avieiros com quem convivemos naqueles dias chamavam ás perigosas águas correntes do Tejo, por essas bandas.

2 Comentários:

Blogger Kim disse...

E às vezes - essas loucuras pagam-se caro, mas quando tudo acaba bem é sinal que valeu a pena.
Lembro-me ainda que duas horas depois da partida, já os frangos tinham sido deglutidos. Depois ... foi o descobrir de quão díficil é a vida de dois marinheiros.
Belos tempos!

01/10/09, 21:17  
Blogger BLOGADOR disse...

E normalmente apanhavam "malagueiro" ou "mar de senhoras"?

02/10/09, 16:38  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial