segunda-feira, janeiro 29

A Imagem...


O Chafariz da Porcalhota.

Encontrei no Arquivo Fotográfico da Câmara Municipal de Lisboa, esta fotografia, que somente o Pessoal mais antigo da Porcalhota, se pode recordar.
Esta imagem podia ser publicada, na série "a Fonte MDCCCLVI" no outro blog aqui ao lado, aquele chamado de Foto...nãoseiquantos.
Mas, aqui fica bem melhor.
Além disso, há mais. Graças ao trabalho (do amigo Rui Salvador) de pesquisa e recolha histórica nos arquivos da Porcalhota, temos outras fotografias originais, do Velho Chafariz (e não só), para publicar.

11 Comentários:

Anonymous o.r. disse...

Recordar é viver,
esta imagem deve ter + - 40 Anitos
(junto ao Café Piteira)
Não passes cartão á MELGA que anda por ai,(ela até faz movimentar o Blog)
ho Luis deixate de tangas tu fazes BUÈ falta aqui no BLOG.e não só,
Não á duvida que á dias COBRÕES
mas amanhã será muito melhor
aperta contigo PORRA.

29/01/07, 18:04  
Anonymous o.r. disse...

Falei com o amigão Júlio Amaro no Sabado
Mandou um Abraço para o nosso PESSOAL.

29/01/07, 18:08  
Anonymous Anónimo disse...

o.r. é mt feio falar mal dos outros nas costas ...
és um kota enrrugado ... eu diria msm pregueado !
c mt mau feitio e invejoso :)
n te esqueças k as melgas mordem !!!
... e n dão sossego :)

aproveita e toma já os comprimidos p acalmares :)

castidade maria d´assunção

29/01/07, 18:22  
Anonymous Quim disse...

Esta foto tem mais de 40 anos.
Eu cheguei à Amadora em 1964 e isto já não existia. Atrás do Piteira ficavam os tanques de lavar roupa, o que não tem nada a ver com isto. Era também aí que jogávamos à bola.
Temos de perguntar ao pai do Alberto.

29/01/07, 22:21  
Blogger Rui Salvador disse...

Provavelmente, nesta altura a ex SFRAA (actual SFASRAA), denominava-se Sociedade Philarmónica de Recreio Artístico da Porcalhota.

30/01/07, 23:35  
Anonymous Anónimo disse...

Não Quim, esta foto não tem mais de 40 anos porque eu lembro-me muito bem que atrás do Café Piteira (do e não da Piteira, como agora se designa, porque o Piteira foi o 1º. dono do mesmo) existiam esses tanques aonde fazíamos grandes desafios, normalmente ao sábado à tarde, e no fim de cada jogo vinhamos beber e até lavar-nos a esta fonte, portanto ele já existia porque tu jogavas na minha equipa (com o Pelé, Marçal, Rã, etc...etc..fomos -a pé- comprar o equipamento à Pontinha, calção branco e camisola branca com vivo vermelho no debrum do decote da gola, em bico)-havia na Pontinha uma casa que vendia este material mais barato, uns tostões-uma fortuna para nós, naquele tempo.
É uma foto fantástica (para nós, claro), volto a relembrar que nós somos do tempo em que o dia tinha manhã, tarde e noite......portanto às melgas que aparecem p.f. não estraguem o sonho (eles não sabem nem sonham........)

Seve

31/01/07, 09:04  
Anonymous Anónimo disse...

querido avô seve !
sou mt mais nova k tu ... mas , isso n faz de ti o dono da verdade :)
as tuas vivências pertencem a ti , acredito k são lindas ! sei k são os teus balões de oxigénio ... n te eskeças k , a vida continua e n adianta viver apenas de memórias do passado ... o passado foi ontem !
agarra o teu presente e vive-o tão intensamente como no passado ... abre as portas e janelas do teu coração e deixa a vida entrar :)
eu , apesar de ser novinha , tb tenho memorias :)mas , nunca fecho as portas á vida ... caminho sempre de mãos dadas c ela ... o sorriso faz parte de mim :)
a idade do BI n importa , a do coração é k conta !
um dia kerido avô , vais perceber k a vida nos prega partidas deliciosas , em k o BI n entra !!!
caminha em frente e c força :)
beijinho p ti avôzinho seve :)

castidade maria d´assunção

31/01/07, 11:28  
Blogger O Bicho disse...

Pois eu acho que o Chafariz da Porcalhota, se manteve neste mesmo local, pelo menos, durante toda a década de 60.

31/01/07, 11:33  
Anonymous Anónimo disse...

Oh Castidade, mas não te escondas sob a capa do anonimato, dá a cara porque dos fracos(as) não reza a história!

Seve

31/01/07, 14:41  
Anonymous Anónimo disse...

Ou então não chateies, vai dar uma volta, vai ver se chove lá fora, como se dizia (se calhar ainda se diz) lá estou eu a rebuscar na minha gaveta das memórias. Ainda não viste, oh Loura, que aqui nos revivemos nas memórias apesar de termos presente e vivê-lo !
Não chateis, por favor!

Seve

31/01/07, 14:44  
Anonymous Anónimo disse...

avôzinho , explica-me pk és tão chato ?

mete aí a tua morada p eu te escrever 1 carta :)
prometo k te envio 1 foto !
sim ... 1 foto e o nº do BI :)
juro k estou vestidinha !
a foto k tenho p ti foi o sr padre k me tirou no ultimo encontro de profissionais de levitação :)

puxa pela cabeçinha ( se ainda estiver operacional )e pensa k provavelmente n estou assim tão longe :)

castidade maria d´assunção

31/01/07, 15:51  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial