segunda-feira, janeiro 15

Lolita 1

Jan2007
Finalmente!
As tão (in)esperadas imagens, únicas, exclusivas.
Um dos melhores momentos do Encontro de 6 de Janeiro.
A actuação especial do Zé Machão, interpretando, LOLITA!!!

Foi esta a forma que ele, o mais machão, encontrou para protestar contra o estipulado num dos artigos dos (inexistentes) estatutos que regulam os eventos do Pessoal. Nesse artigo, único, se determina - NÃO HÁ GAJAS, isto é, as mulheres ficam de fora, nos encontros do Pessoal.

Cá p'ra mim, acho é que o verdadeiro motivo foi outro. Ao fim de três anos de apresentações falhadas, ele chegou finalmente à conclusãoque não teria grande futuro a cantar o Fado de Coimbra e vai daí, resolveu dar uma reviravolta na sua pretensa carreira artística, procurando o sucesso de uma outra forma.

É que assim, desta maneira, ele já não precisa de decorar as letra do fado...

4 Comentários:

Anonymous Quim disse...

Lolita "la Solerosa" no seu esplendor.
Rendo-me às escondidas potencialidades deste machão.
O introvertido Zé, virou antónimo de si mesmo, soltou-se e ei-lo, qual garanhão à solta nos pastos da infância.
Voz bonita, algo indisciplinada, titubeando a cada estrofe, é este o Zé, que pecou por tantos anos de afastamento.
Quando todos tivermos um pouco da sua inebriante costela, a nossa festa, terá mais luz.

15/01/07, 14:08  
Anonymous Anónimo disse...

Oh! Bincho!

Pela foto, podemos imaginar como a farra foi boa e os amigos se divertiram.
Realmente São momentos inusitados e que marcam para sempre.
Spuk

15/01/07, 22:52  
Anonymous Anónimo disse...

Maria Albertina
Que coisa bonita
De chamar Lolita
À tua menina


Já não há respeito nenhum pela Ditadura do Proletariado.
xl

15/01/07, 23:56  
Blogger Rui Salvador disse...

Era o Vinho,
Meu Deus,
Era o Vinho,
A coisa que eu mais queria!

Era o Vinho,
Meu Deus,
Era o Vinho,
Que me dava tamanha alegria!

17/01/07, 00:27  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial