quarta-feira, março 28

Postal do Tejo 13

Lisboa

Não há dúvida que neste cantinho, considerado justamente, o cú da Europa, apesar de tudo, ainda nos restam algumas, poucas, coisas muito boas:

O Clima, o Ar, o Tejo, o Mar, a Luz, a Cor, o Ceu, o Sol, a Paz.

Sobretudo a Paz, que nos permite apreciar a liberdade em liberdade; e depois, o sossego, a calma e descontração que a paisagem de Lisboa nos oferece.

Não é preciso mais do que, abrir os olhos e inspirar devagarinho - aqui a natureza entra despreocupadamente pela alma adentro. Isto é muito mais que um poema!

Etiquetas:

1 Comentários:

Anonymous cristina disse...

Muito verdade.Ah Lisboa, que saudade!
Abraço.

28/03/07, 18:57  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial