sexta-feira, janeiro 6

Fim de Semana 317



ÉVORA

Fim de tarde, a silhueta da torre da Igreja Convento de Nossa Senhora da Graça e a Igreja de S. Francisco (a tal da Capela dos Ossos) lá ao fundo, recortando o pôr do sol.


O ar arrefece rapidamente, prenunciando uma noite muito fria nas planuras alentejanas, bem à "manêra" para deitar mais umas achas de azinho no lume da chaminé.
Aquecer os pés à braseira e reconfortar o estômago com um caldinho fumegante da Açorda de Coentros - só aquele aroma dos alhos, coentros e do verdadeiro pão alentejano... já sabe bem.


Para alegrar a noite, lá vai um copinho de aguardente e uma rima do nosso TiZé:


«Um copinho, dois copinhos, três copinhos d'aguardente,
As moças desta terra até fazem calor à gente!»
E quem não gostar assim... há que ter paciência porque «não há mal que sempre dure nem bem que não acabe!»
"Atão ê cá" desejo a todos um BOM FIM DE SEMANA!

2 Comentários:

Blogger Maria disse...

Amo Évora de paixão. Adoro a comida e a doçaria conventual alentejana, tenho saudades de aquecer os pés numa braseira. Amanhã talvez faça uma açordinha de coentros.
Beijinho compadri.
Maria

07/01/12, 20:52  
Blogger O Bicho disse...

Pois eu, não vou deixar para amanhão o que posso fazer hoje.
Uma açordinha de coentros (com verdadeiro pão alentejano) vai ser, mais logo, o meu jantar.
Bêjinho para ti Maria.

08/01/12, 18:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial