domingo, setembro 28

Bom Dia Engenharia


Manhã de Outono em Lisboa.

Duas obras-primas da engenharia (americana e portuguesa) regateiam a atenção de quem passa por esta rua da Baixa Pombalina.

Toda a gente, sem excepção, dedica um olhar mais demorado aos cromados impecavelmente polidos e aos requintados pormenores da máquina que, dizem os admiradores, não é uma mota, é uma "Harley", a Harley-Davidson.

Do mesmo modo, ninguém caminha por esta rua de Lisboa, sem erguer os olhos para admirar, às vezes pela milésima vez, a imponente torre do ascensor de Santa Justa, concebido por "Mesnier de Ponsard" para levantar o nosso olhar por cima dos telhados da Baixa até ao Tejo.

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Ainda a propósito de engenharias, eis um excerto de um artigo do BLOG METAMORFICO DE MARCO BITAITES, sobre o Magalhães e os Jornaleiros da TV, que tem o título sugestivo,

"Quando as putas dão liçoes de moral"
«Parece que a SIC está preocupada com a possibilidade de os pequenos utilizadores do computador Magalhães poderem escrever «vagina» no Google e se depararem com «coisas pouco recomendáveis a crianças de seis anos». A reportagem no Telejornal chegou a questionar Sócrates e a ministra da Educação pelo facto de o software de controlo parental do Magalhães não se encontrar activo. Dado que o software de controlo é parental e não estatal, o Governo terá decidido que devem ser os pais a tomar uma decisão sobre o acesso dos filhos à Web. Aos pais cabe a responsabilidade de serem pais? Parece uma opção sensata.

Quanto a mim, é muito mais preocupante deixar os meus filhos com o comando da televisão na mão porque podem encalhar precisamente na SIC. Neste canal é também bastante fácil apanharem-se «coisas pouco recomendáveis a crianças de seis anos».

Estou a lembrar-me, por exemplo, do concurso O Momento da Verdade, através do qual a SIC procura roubar audiências à TVI: por dinheiro, pessoas aceitam ser interrogadas sobre a sua vida íntima, sujeitando-se à avaliação de um detector de mentiras.»

29/09/08, 12:09  
Anonymous Anónimo disse...

AINDA A PROPÓSITO DE ENGENHARIAS

O Presidente da Venezuela manifestou a intenção de o país começar a produzir energia nuclear, com fins pacíficos, com a ajuda da Rússia. Hugo Chávez disse que o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, já se disponibilizou para ajudar a Venezuela no seu programa nuclear.

Acho bem, tem tanto direito como os outros que já têm.
Portugal tambem devia pensar nisso, eu voto a favor.

BV

29/09/08, 18:35  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial